Quais são os tipos de cirurgia bariátrica?

Você conhece os tipos de cirurgia bariátrica? Esse tipo de cirurgia normalmente é indicado para pessoas que estão com o grau de obesidade do tipo 2. No caso dessas pessoas, elas não tiveram nenhum resultado depois de vários meses de tratamento com exercícios físicos e dietas regulares.

Sendo assim, é importante mencionar que a cirurgia bariátrica só é recomendada quando o paciente não tem mais nenhuma outra opção para controlar seu peso. Além disso, geralmente, é uma cirurgia realizada em pessoas com idade entre 16 e 65 anos.

Para que você entenda mais sobre os tipos de cirurgia bariátrica, preparamos este artigo para você. Abaixo você vai conferir os tipos de procedimento que existem com relação a esse assunto. Prossiga para saber mais e boa leitura!

Banda gástrica ajustável

Esse tipo de cirurgia é menos invasiva e é feita de forma a colocar um anel em volta do estômago do paciente. Dessa forma, o estômago tende a diminuir de tamanho, fazendo com que o paciente consuma menos alimentos e menos calorias também.

Geralmente, esse tipo de cirurgia não possui tantos riscos para a saúde, tendo um tempo de recuperação mais rápido. Porém, comparado com outras técnicas, os resultados podem ser menos satisfatórios.

Isso acontece porque esse tipo de cirurgia bariátrica tem a desvantagem de promover uma perda de peso pequena. Normalmente, a perda de peso fica em torno dos 20%. Claro que isso vai depender da disciplina e do foco do paciente.

É preciso que o mesmo faça apenas 3 refeições por dia, não consuma alimentos líquidos ou que sejam pastosos com muitas calorias. Além disso, as atividades físicas devem ser realizadas diariamente.

Vale ressaltar ainda que esse tipo de cirurgia não é indicada para pacientes que possuem dificuldade em realizar atividades e seguir uma dieta equilibrada. Fora isso, tem algumas contraindicações:

bypass

Bypass gástrico

Essa é um tipo de cirurgia invasiva, onde o profissional responsável vai retirar uma boa parte do estômago. Depois dessa parte, o médico vai ligar o início do intestino a uma porção pequena do estômago.

Isso servirá para diminuir o espaço que está disponível para os alimentos, diminuindo assim a quantidade de calorias ingeridas. O procedimento costuma ter excelentes resultados, possibilitando a perda de peso de até 70%, inicialmente.

Porém, em contrapartida, esse tipo de cirurgia bariátrica possui mais riscos e uma recuperação um pouco mais lenta que os outros procedimentos.

Gastrectomia vertical

Essa é uma cirurgia contrária a citada anteriormente. Nessa o médico vai manter a ligação natural do estômago até o intestino, tirando apenas uma parte do estômago para deixá-lo menor que o normal. Isso permite diminuir a quantidade de calorias consumidas.

Comparada com a Bypass gástrico, essa cirurgia possui menos riscos, mas também conta com resultados menos satisfatórios. O procedimento permite que o paciente perca cerca de 40% do peso inicial.

Como vantagem, esse tipo de cirurgia preserva o trânsito pelo duodeno. Caso seja preciso, o procedimento pode ser convertido em uma cirurgia de técnica mista. Mas, assim como tem vantagens, também possui desvantagens.

Dentre elas, pode ser mencionado que é uma cirurgia recente, sem uma comprovação de que é eficiente a longo prazo.

Derivação biliopancreática

Nesse tipo de cirurgia, uma parte do estômago e uma parte do intestino delgado são retirados. Isso porque são esses órgãos que formam a região principal que permite a absorção dos nutrientes.

Assim, uma parte dos alimentos não é absorvida ou digerida, diminuindo a quantidade de calorias da dieta.

Cirurgias com técnicas mistas

Essas são cirurgias que fazem uma associação da diminuição da capacidade do estômago com a redução da absorção dos nutrientes. Dessa forma, elas garantem uma perda de peso maior, se comparadas as cirurgias que são mais restritivas.

Fora isso, as cirurgias com técnicas mistas alteram a secreção de hormônios intestinais que se envolvem na secreção de insulina e no mecanismo de saciedade.

Quais são os riscos de realizar uma cirurgia bariátrica?

Os riscos desse tipo de procedimento estão ligados especialmente a quantidade e gravidade das doenças que se relacionam com a obesidade. Abaixo você confere as principais complicações que podem ocorrer:

  • Embolia pulmonar, isto é, entupimento de um vaso sanguíneo do pulmão, que causa dificuldade de respirar e dor intensa.
  • Sangramento interno no local onde foi realizada a operação.
  • Fístulas, que são bolsas pequenas que se formam nos pontos internos da região que foi operada.
  • Diarreia, vômitos e fezes com sangue.

Vale ressaltar ainda que essas complicações aparecem ainda quando o paciente está internado, sendo resolvidas rapidamente pelos médicos.

Espero que você tenha entendido quais são os tipos de cirurgia bariátrica. Se é você que pretende realizar a cirurgia, converse com o seu médico para que ele lhe indique a mais recomendada para o seu caso.